sábado, 23 de janeiro de 2010

Green Eyes.


Estava todo o tempo brincando de ser. De ser rigoroso, justo e espinhoso quando por dentro só era um garoto maleável, oprimido por teus sentimentos de culpa e totalmente injusto consigo mesmo. Omitia todos os seus desejos para apenas pregar o sorriso na face de sua menina. Ele precisava dela, mas ela não precisava do garoto que mudava de forma para agradar seus olhos castanhos, - eles pareciam montanhas, e ele se entregava à aquele olhar doce, se jogava na perdição, sabia das loucuras que cometia para vê-los brilhando, mas não se importava, só queria chegar ao topo e mostrar que pra sua menina que lá de cima seus olhos azuis poderiam ser o ceú que ela tanto procurava.
E diariamente ele desmontava-se para dar diferentes prazeres a vida dela, esquecia de quem era, esquecia de sua felicidade mas sentia-se satisfeito. Sem explicações, ele só estava satisfeito por fazê-la feliz, e pra ele não havia nada de mais gratificante. Mas sua menina não era tão sua, e não procurava pelo céu, e nefastamente encontrou olhos verdes como as arvores e envolvente como uma grande floresta cheia de magia, e ela entregou-se à aqueles olhos e sentiu-se completa. Adorava a sensação de ter aquelas montanhas completas pela magia verde. E o garoto de olhos azuis perdeu o equilíbrio do corpo, desabou do alto de sua montanha e foi viver dentro do seus olhos; o céu.

4 comentários:

Victor Faria disse...

Parabéns pelo blog!
Passa lá no meu blog, vota na enquete que deixei lá e comenta. Se gostar, clica nos anúncios...pra dar uma ajuda.

http://www.papodeinformatica.blogspot.com

Pires Silva disse...

Nossa, eu estou perplexa e sem palavras com o texto. Muito bem escrito, descrito, palavras muito bem colocadas, e lindo, lindo lindo *-* amei mesmo, e portanto já estou seguindo o seu blog. Porque pessoas que escrevem assim, tem de ser reconhecidas, claro.

Espero que passe no meu blog tambeem.
Espero seu comentario e sua visita, beijos

http://dosedetequila.blogspot.com/

Pires Silva disse...

to aqui denovo, só pra responder o coment msm
pq você ainda nao atualizou e dizer uma coisa
que esqeci de dizer. AMEI essa foto, combinou
demais com seu texto rs.

estou esperando sua visita no blog, que acabei de atualizar. beijos

New Character disse...

eu já te falei que essa história me lembra '500 dias com ela' né? haha

Mas o texto tá muito lindo, explica de uma forma tão bela, algo relativamente triste.

Tu sabe que eu gosto de tudo que tu escreve. haha

beijo